25 de ago de 2010

EMPRESÁRIA REAGE ASSALTO E É ASSASSINADA EM JOÃO PESSOA-PB


Um fato que repercute no estado da Paraíba é a morte de uma empresária que reagiu a um assalto.Ana Maria Gonçalvez Abrantes, de 41 anos, foi morta ao reagir a um assalto dentro de um salão de beleza em João Pessoa. Ela tinha ido a um salão para cortar o cabelo do seu filho quando dois homens entraram armados e anunciaram um assalto.Ana Maria (foto) empurrou um dos assaltantes e foi atingida com um tiro na região do tórax. A aflição tomou conta dos presentes, enquanto os bandidos fugiram sem levar nada.Ana Maria foi levada para o Hospital de Trauma e Emergência Humberto Lucena, não resistiu e morreu ontem à noite.Segundo o jornal Correio da Paraíba, a empresária Ana Maria Gonçalves Abrantes, morava há muitos anos na praia do Jacaré, em Cabedelo, município da Grande João Pessoa, e era prima de Jhonson Abrantes, um dos mais conceituados advogados da Paraíba.Dona de uma história de luta e sucesso, a empresária entrou para o ramo da revenda de jóias, roupas e calçados de griffe, conquistou credibilidade junto a representantes da área e transformou-se numa das mais conhecidas empreendedoras do ramo na região.
A empresária também era conhecida por ter uma alma dotada de caridade. E, há vários anos mantinha um sistema voluntário e regular de doação de refeições para pessoas de baixa renda.O advogado Johnson Abrantes contou que há cerca de três anos ela já havia sido alvo de uma ação criminosa, na sede da empresa que comandava localizada na praia de Jacaré, no bairro de Intermares, em Cabedelo. Na ocasião, homens armados entraram na granja onde funcionava o empreendimento e fizeram todas as pessoas presentes, inclusive filhos de Ana Maria e empregados, de reféns e fugiram levando joias e roupas de grife. A boutique da empresária passou a agendar a recepção de clientes na tentativa de evitar novas invasões.Ana Maria deixou três filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.