16 de nov de 2010

POLICIAIS DO CEARÁ RECLAMAM DA FALTA DE PREPARO PARA DIRIGIR HILUX

Foi para evitar acidentes que o comandante do Ronda do Quarteirão, tenente-coronel Werisleik Matias, determinou que as viaturas não ultrapassem os 50 km/h em vias urbanas, conforme O POVO mostrou na edição do último dia 5. A decisão gerou polêmica. “É só para maquiar a ineficiência dos motoristas que operam os carros da Polícia”, opinou o presidente da Associação de Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, subtenente Pedro Queiroz. Para ele, o correto seria preparar melhor os motoristas.

Em abril deste ano, durante “greve branca” da categoria, vários policiais se recusaram a dirigir as Hilux alegando que não haviam feito o Curso de Condutores de Veículos de Emergência, exigido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Dezenas de viaturas ficaram paradas nos pátios dos quartéis. No mesmo dia, o Governo assumiu o compromisso de ofertar o curso a todos os policiais militares, no prazo de seis meses.

Segundo o capitão Carlo Rômulo Matos, coordenador-geral dos cursos de veículos de emergência na PM, todos os soldados do Ronda já fizeram o curso. Mas ainda faltam os policiais que trabalham no Policiamento Ostensivo Geral (POG), tanto na Capital como no Interior. “Eles já começaram a fazer”, afirma.

O curso é ministrado no auditório do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/CE). Todas disciplinas são teóricas. “Aula teórica é bom, mas também tinha que ter a parte prática”, defende o subtenente Pedro Queiroz.

O capitão Carlo Rômulo conta que há um projeto para que os policiais tenham aula prática.

''Já foi feito orçamento e planilha de custos. A gente vai licitar. Serão 95 horas de aula”, informa.

A primeira turma será de 300 PMs, sendo 150 vagas para soldados do Ronda. “A ideia é estender o curso para todos os policiais que desempenhem função de motorista”, acrescenta.

O projeto abrange técnicas de direção defensiva e condução operacional.

Ainda não há data para as aulas práticas, que serão realizadas no Autódromo Internacional Virgílio Távora, no Eusébio.

Via: O Povo
Fonte: caboheronides.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.