8 de ago de 2010

BLOGUEIROS TENTAM SALVAR IMAGEM


Uma maneira fácil de interação em um mundo sem fronteiras como é a internet. É dessa forma que o blog pode ser classificado nos dias de hoje, se tornando uma ferramenta imprescindível para o fluxo de informação e a divulgação de pontos de vista. Ferramenta essa que foi descoberta e está sendo cada vez mais popular entre os membros que compõem a tropa armada, sobretudo os policiais militares, que inseridos em uma corporação de forte hierarquia, encontram nos blogs a liberdade para divulgação de ideias e informações.

Notícias policiais, reclamações, debates, dicas e direitos, que muitas vezes não se podem falar dentro dos batalhões, são abertamente discutidos nos blogs policiais, em uma onda que começou anteriormente no restante do país, mas que chegou ao Estado há pouco mais de um ano. E um dos primeiros a ser criados, o blog “Guerreiros do RN” (www.guerreirosdorn.blogspot.com), fundado em 29 de março de 2009, não foge desses assuntos e também não se limita, apenas, ao trabalho da PM. “Nós começamos com o simples intuito de mostrar ações e imagens dos serviços prestados por policiais militares, civis, bombeiros e agentes penitenciários e guardas municipais em seu dia-a-dia. Mostrar uma luta diária e as dificuldades enfrentadas, e não apenas os erros policiais”, explica o PM Nizário Maximus, responsável pelo blog.

A linha de divulgação de matérias positivas para a PM também é seguida pelo blog “Por Trás das Grades” (www.portrasdasgradesrn.blogspot.com). “Fundado” em agosto de 2009, ele divulga e repercute matérias e assuntos sobre a segurança pública da cidade de Apodi, a 357 quilômetros de Natal. “Conseguimos, em pouco tempo, aumentar a credibilidade das polícias Civil e Militar na sociedade de Apodi. Além disso, o blog permitiu uma maior interação entre policiais e a população. Através das denúncias no blog, já conseguimos prender traficantes, pedófilos, homicidas, desbaratar quadrilhas, recuperar veículos roubados”, afirmou capitão PM Carvalho, responsável pelo endereço virtual, e lotado no Batalhão de Apodi.

Além de aumentar a interação entre sociedade e polícia, o “Por Trás das Grades” também leva as ações da segurança pública de Apodi para todo o mundo, através da internet. Fato que está se repetindo na pequena Paraná, a 439 quilômetros de Natal. Com apenas mil habitantes, a cidade também já tem uma policia militar informatizada através do Blog “Nosso Paraná RN” (www.nossoparanarn.blogspot.com). “Busco mostrar o lado policial das notícias e também conscientizar as pessoas que a segurança pública não é feita apenas pela PM. São muitas as instituições que a forma e cada uma tem sua parcela de responsabilidade”, explica o PM Gilvan Alves de Melo, responsável pelo blog.

Diferente dos outros, no entanto, que nasceram com a intenção exclusivamente de falar sobre polícia e defender a instituições, o blog Nosso Paraná nasceu com um cunho político. “O blog foi criado em resposta ao site criado pelo prefeito da época, que colocava apenas os pontos positivos da cidade e, simplesmente, não retratava os aspectos negativos, o que ainda precisava ser corrigido. Decidi, então, criar um endereço virtual onde pudesse ser retratado os problemas e as dificuldades da nossa cidade”, explicou o PM Gilvan Alves.

Assim como o blog do PM Gilvan Alves, o “Blog da Glaucia”, da soldado Glaucia Paiva, também aborda outros assuntos e não ficam apenas no universo da PM – apesar da maioria das notícias serem relacionadas a segurança pública. “Entre outros aspectos, a intenção do blog é deixar o policial militar bem informado, por isso, são postadas matérias de outros veículos de comunicação, como outros blogs policiais, notícias do Superior Tribunal Justiça, Supremo Tribunal Federal, da Câmara dos Deputados, do Senado. Para a minha surpresa, meu blog cresceu muito e é visto também por delegados, agentes penitenciários, guardas municipais. Já temos uma média de mil visitas diárias”, afirmou a PM Glaucia.

Blogs denunciam abusos

Nem só de proteção a instituição Polícia Militar trabalham os blogs de PMs no Estado. Em alguns casos, os endereços eletrônicos são, na verdade, locais seguros para a defesa e a denúncia de agressões morais sofridas pelos militares.

“O contato de um coronel com sua tropa geralmente é escasso e distante, mas os blogs policiais, o twitter e outras plataformas de interação têm possibilitado que coronéis sejam criticados em seus posicionamentos por soldados e, até, alunos policiais, com o respeito comum e necessário para qualquer discussão democrática”, afirma o cabo da PM, Heronides Mangabeira, criador, em 2009, do blog “Cabo Heronides”, um dos mais populares no meio virtual e conhecido pelas discussões em torno da segurança pública que provoca.

“Policiais civis e militares, que comumente não se relacionam além do contato frio num registro de ocorrência na delegacia, podem no blog discutir temas como unificação das polícias. Claro que isso não é suficiente para chegarmos às soluções que a Segurança Pública exige, mas estamos falando de um espaço de interação inédito, que vai além dos conselhos e reuniões onde apenas os altos escalões podem opinar”, comenta o cabo Heronides.

No blog Cabo Heronides, além de discussões, são tratados também temas como a luta e conquistas do policial militar em relação não somente ao trabalho do dia a dia, no que diz respeito à Segurança Pública, mas sim aos direitos e deveres de um trabalhador.

FONTE: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.