18 de ago de 2010

SUPLENTES DO CONCURSO DA PMRN PROTESTAM PARA SEREM CONVOCADOS


Ainda esperando serem convocados para o curso de formação, suplentes do concurso da PM realizado em 2005, fizeram um protesto em frente a Assembleia Legislativa, na manhã de ontem. Segundo um dos líderes do movimento, Saulo Azevedo, o governo teria até 18 de dezembro deste ano para convocar os 1.476 suplentes.

Saulo explica que o argumento usado pelo comando para a não convocação dos suplentes seria o fim do prazo de validação do concurso. Esse prazo é de dois anos, a contar da homologação no Diário Oficial, segundo o edital. Ele teria expirado em 14 de fevereiro. A data foi contada a partir da prorrogação de dois anos dada pela Justiça da homologação do resultado classificatório do exame intelectual, ocorrida em 2006. Na opinião dos suplentes, a prorrogação deveria contar da conclusão do curso de formação da primeira turma convocada, que se deu em 18 de dezembro de 2006.

Com esse entendimento, os suplentes moveram uma ação pública contra o estado, reinvidicando o direito de serem concovados. "A única reinvidicação é de ingressar na polícia e servir à sociedade".

O comandante da PM, Araújo Silva, informa que recebeu, sexta-feira passada, representantes do movimento, oportunidade em que lhe apresentaram as reinvidicações. Segundo ele, as pautas foram encaminhadas à Assessoria Jurídica da instituição, cujo parecer indica que há dúvidas na validade do concurso. Araújo afirma que “o parecer foi enviado à Procuradoria do Estado e que está aguardando qual será a decisão para saber se poderá oferecer mais vagas".

Fonte: http://portrasdasgradesrn.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.