8 de jun de 2011

APÓS CENTÉSIMO HOMICÍDIO, ITEP DE MOSSORÓ NÃO ESTÁ MAIS AUTORIZADO A DIVULGAR ESTATÍSTICAS DA VIOLÊNCIA

A proibição, segundo o subsecretário de segurança é para que se possa trabalhar de forma centralizada com os dados

O Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) de Mossoró não está mais autorizado a divulgar para a imprensa as estatísticas dos homicídios que estão acontecendo na cidade.

No último domingo, vários veículos de comunicação locais divulgaram matérias e números sobre as mortes.

A proibição, segundo Silva Junior, subsecretário da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte, é para que se possa trabalhar de forma centralizada com os dados no combate à violência.

A partir de agora todas as informações deverão ser solicitadas diretamente à Subcoordenadoria de Análise Criminal com sede em Natal.

A decisão de suspender a divulgação de informações sobre a violência soa como uma espécie de "boicote" à imprensa, mas o subsecretário garante que essa não foi a intenção do Governo. Fontes informaram que a divulgação das estatísticas teria gerado um certo desgaste interno na Secretaria da Segurança.

Foi ventilada, inclusive, a possibilidade de que o atual diretor do Itep de Mossoró, Valentim Marinho de Oliveira, poderia ser afastado do cargo por ter divulgado os dados sem autorização da Secretaria de Segurança, mas Silva Júnior tratou de minimizar o assunto. "Foi só uma falha na comunicação", disse o subsecretário.

O subsecretário da Segurança Pública garantiu que não haverá mudanças administrativas no órgão e afirmou que não há nenhum problema interno. Valentim, que assumiu o cargo recentemente, continua à frente do Itep de Mossoró.

SOLUÇÃO

Questionado sobre a onda de violência na segunda maior cidade do estado, o subsecretário disse que o Governo do Estado está adotando alguns procedimentos como, por exemplo, a realização de vários inquéritos que estão em andamento e a vinda do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) para Mossoró.

“Estamos realizando operações com a Polícia Militar há três semanas e em julho vamos contar com nove viaturas do Bope para atuar na cidade dentro do projeto Sertão Seguro”, relata.

Fonte: Gazeta do Oeste
Via: Blog do GTC de Mossoró/SdGlaucia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.