12 de jul de 2011

POLÍCIA PRENDE ACUSADO DE MATAR PM; OUTRO FOI MORTO

Ao perceber a ação dos policiais
os suspeitos tentaram fugir.
Uma abordagem da Polícia Militar desmantelou uma quadrilha que vinha atuando no tráfico de drogas, em Nazaré, na zona Oeste de Natal. Após meses de investigação, a Polícia Militar chegou até um dos líderes do bando, José Freitas, o “Galeguinho”.

Após prender o primeiro dos integrantes do bando, o tenente Moab, do 9º Batalhão da Polícia Militar, se dirigiu para o município de Extremoz, distante 16 quilômetros de Natal. Os policiais chegaram até uma residência na rua Bananeira onde mais seis envolvidos na quadrilha se encontravam.

Os detidos pelos policiais foram Geomir Silva de França, Bruno Carvalho de Farias, Evandro Barbosa da Costa, Jadoaldo de Souza Júnior, o "Júnior", José de Freitas, o "Galeguinho", e uma mulher que ainda não foi identificada.

Ao perceber a ação dos policiais os suspeitos tentaram fugir. Júnior buscou fuga por um terreno baldio. Ao perceber que seria preso, o homem abriu fogo contra os policiais. Contudo, ele foi atingido na perna e nas costas e morreu não resistindo aos ferimentos.


Homem identificado como Júnior, morto durante troca de tiros.

Com os membros da quadrilha, os policiais encontraram na casa várias trouxinhas de crack, cocaína, maconha, além de uma espingarda calibre 12 e cinco munições não deflagradas, um revólver calibre 38 com cinco munições também não utilizadas.

Além das armas e drogas, os policiais encontraram vários Dólares, Euros e uma quantia ainda não registrada avaliada em Reais. Os detidos foram conduzidos para a Delegacia de Plantão da zona Norte para serem autuados por tráfico de drogas e posse ilegal de armas.

Além das armas e drogas, os policiais encontraram vários Dólares,
Euros e uma quantia ainda não registrada avaliada em Reais.

Responsáveis por morte de policial são presos

Durante a ação dos policiais do 9º BPM, os dois responsáveis pela morte do policial Militar Carlos Magno Floripe Guimarães, crime ocorrido em 18 de junho no bairro de Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal, foram identificados.

Os acusados são Jadoaldo de Souza Júnior, que foi morto em confronto com os policiais, e o segundo participante foi José de Freitas, o “Galeguinho”. O soldado Guimarães, como era conhecido, foi executado com cinco tiros em Felipe Camarão.

Fonte: Nominuto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.