12 de abr de 2011

MPRN VAI INVESTIGAR O QUE ESTÁ CAUSANDO DEMORA NA EFETIVAÇÃO DE POLICIAIS RECÉM-FORMADOS AO QUADRO FUNCIONAL DO ESTADO

A reclamação por parte de alguns Policiais Militares recém-formados no curso de preparação da carreira de que, mesmo formados e em pleno exercício da atividade, continuam recebendo seus vencimentos como alunos soldados fez com que o Ministério Público do Rio Grande do Norte instaurasse um Inquérito Civil Público para apurar se a prática vem acontecendo e por quais motivos a situação existe.
 
O promotor de Justiça Oscar Hugo de Souza Ramos está a frente das investigações, que foram motivadas pelos policiais e registradas na instituição via Ouvidoria. "Às vezes é só demora burocrática da administração, mas pedimos ao governo explicações sobre o andamento da inclusão destes policiais no quadro funcional do Estado e a célere resolução do problema que vem afetando o cotidiano dos mesmos".

Oscar Hugo já enviou um ofício à Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos do RN (Searh) para que esclareça a situação. Ele também encaminhou e-mail ao órgão com cópia da reclamação dos policiais e espera que a Secretaria informe as medidas que estão sendo ou que serão adotadas para solucionar o problema.
 
O secretário estadual de Administração, Manoel Pereira, nega que tenha informações de algum processo da Polícia Militar que não tenha sido dado andamento. "Vou esperar a notificação para poder mim manifestar e também vou procurar a Polícia Militar para saber o que está acontecendo", informou.
 
Fonte: Dnonline

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.